Como eu conheci o Ro S2

Nossa nem acredito que hoje já faz três anos que eu e o Rô (meu noivo Roberto) nos conhecemos! Parece que foi ontem!

Vocês sempre me perguntam como foi e hoje eu vou contar tudo para vocês!

Eu estava solteira há uns 2 anos e como quem não está fazendo nada, na onda dos aplicativos de date. Por conselho de uma amiga baixei o “Happn”. Ele funciona da seguinte forma: ele mostra pessoas que passaram perto de você e você pode curtir elas e elas te curtindo de volta vocês conversam ou você cutuca a pessoa é vê se ela vem falar com você.

Bem estava no meio de um jantar com duas das minhas amigas mais queridas quando do nada um tal de Roberto chef de cozinha apareceu.

Achei ele interessante, 7 anos mais velho, traços bem masculinos (sempre preferi homem com cara de homem, carinha de menino não é muito o meu tipo) e frase de abertura interessante: “cansei da esbórnia”. Eu imediatamente mostrei ele para as meninas que super me incentivaram a curtir. Mandei a curtida no dia 11/03/2016 e continuei no meu jantar.

No dia seguinte abri meu celular e nada do moço se manifestar. Juro fiquei revoltada! Entre me trocar para sair com a minha irmã para ir correr no parque e mexer no celular, resolvi dar uma cutucada e mandar um charme para ele.

O Rô sempre fala que estava em casa mexendo no computador quando recebeu meu “charme” e que quase caiu da cadeira quando me viu.

Começamos a conversar e estranhamente nosso gosto para quase tudo era (e é) muito parecido!

Nesse mesmo dia o Rô foi para um churrasco na casa do primo dele que por acaso era numa rua que cortava a minha (olha as coincidências) e por causa do frio que fez no dia pegou uma gripe muito pesada.

Como pelos próximos dias ele ficou de cama, aproveitamos para conversar muito e nos conhecermos melhor, mesmo que virtualmente. Nesse meio tempo descobri que ele fazia um pão de queijo e uma maionese muito boa! Gulosa como sou logo avisei que ia querer provar!

Nessa hora ele fala que me conquistou pelo estômago. Já que como não podia me ver, ele me mandou pães de queijo e maionese para casa!!! Sim ele fez! E digo, é o melhor pão de queijo e a melhor maio da vidaaaa!

Quanto mais a gente conversava, mais a ansiedade de se conhecer crescia, então quando ele estava quase bom ele marcou um piquenique no jardim botânico! Cada um faria uma lista de música para ouvir no date! Muito romântico! Ah e nem preciso falar que ele iria cozinhar e organizar tudo!

Nessa época eu estava trabalhando muito em um projeto grande então eu trabalharia no sábado e nós sairíamos no domingo. Mas quem disse que eu aguentei??? Na sexta já perguntei se ele topava um jantar e ele amou a ideia!

Como combinado ele foi me buscar para o jantar. Errou a casa… Sim eu tive que perseguir ele no meio da rua! Quando olhei para ele já na primeira vez achei ele lindo! Era tão bom dar um rosto finalmente para aquele moço que estava me conquistando pela conversa!

Ele havia me trazido dois presentes, um molho de pimenta e uma pimenteira (é que eu amo pimentas gente! Tenho até uma tatuada!).

Partimos para o restaurante mas o Rô se perdeu pra chegar (caímos no meio de umas quebradas sinistras) e finalmente quando chegamos no restaurante ele largou o carro aberto no meio da rua (portas abertas literais) e esqueceu de deixar o carro com o manobrista! Será que ele estava nervoso? Hahaha

Eu sei que nós nos demos muito bem desde o primeiro segundo! O jantar foi maravilhoso! Conversamos sobre tudo! E nós demos nosso primeiro beijo no carro na volta para a minha casa.

Mas não pensem que o date de domingo não aconteceu! Domingo fomos no jardim botânico! E mais uma vez foi tudo muito gostoso! Ele havia preparado empadinha de camarão, sanduíches club de salmão, pães de queijo, frios, frutas, bolo de laranja, geleia, queijos e vinho! E na hora de ouvir as musicas, as nossas playlists eram muito parecidas!

Eu sei que tudo fluiu tão bem, nós nos gostamos tanto que duas semanas depois eu já estava jantando na casa dos pais dele na Páscoa e recebendo o pedido de namoro!

Estão vendo meninas? Quem disse que não existe amor nos aplicativos? Se não fosse por esse meio, dificilmente eu teria conhecido o Rô! Fica a dica!

Hoje nós comemoramos 3 anos juntos e em uma nova fase da vida! Estamos noivos! Fizemos nossa festa de noivado (depois conto tudo em outro post) e estamos planejando as coisas para no futuro nos casarmos!

Aproveita esse embalo amoroso e me faz uma visitinha no face:

https://m.facebook.com/Coisas-da-Carlota-315694482419377/

No Tweeter: @coisasdacarlota

Ou no insta:

https://www.instagram.com/coisasdacarlota/

Beijos da Carlota

Anúncios

Um comentário sobre “Como eu conheci o Ro S2

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s